Pensamento do Dia...

"É legítimo querer que nos amem por quem somos … mas é nossa a responsabilidade de sermos quem somos…fielmente."

quarta-feira, 24 de junho de 2009

A dor....

Ontem talvez tenha sido um dos dias mais dificeis de processar, desde que estou neste processo de auto-conhecimento e evolução espiritual.
.
Fui confrontada com a magnifica ferramenta que é a astrologia, para nos fazer conhecermo-nos, fazer aceder à dor, ajudar a entender o que tem de ser trabalhado...Mas este processo que à partida parece simples, coloca-nos cara-a-cara com muitas verdades, algumas que preferiamos nem ouvir, apesar de estarmos fartos de sabê-las. Alguém que nos expõe assim todas as dores, todas as qualidades (que até isso é dificil de admitir), alguém que nos deixa fragilizado apenas por saber essas verdades, por vê-las, por dize-las....é como se andassemos a vida toda a tapar os ouvidos para não saber todas essas coisas, e nesse momento pelo simples facto de uma pessoa nos dizer, nos ler, tornam-se mais reais que nunca!
.
É um verdadeiro choque com a realidade...e ter de ver o que está à tanto tempo ali à frente...e a partir desse momento ter de tomar mediadas para tal...ter de escolher, ter de aceitar, ter de aceder à mãe de todas as dores...porque disso está dependente fechar um capitulo e poder seguir em frente...e todos sabemos que só fechando o anterior podemos seguir em frente!
.
Tudo isto proporciona tamanha dor, que chega a sentir-se fisicamente no peito (é como se um buraco bem grande e bem negro nascesse aí), pois à dor de aceder junta-se a dor da dúvida de ser capaz de o fazer, de aceitar, de processar, de fechar o capitulo...de seguir em frente!
.
Com tudo isto fica apenas a grande gratidão pelo céu não desistir nunca de mim....de me mostrar o caminho, e de me ajudar a percorrê-lo!

9 comentários:

Marise Catrine disse...

Há uns anos passei por uma situação particular que me fez ouvir e falar de coisas que, farta de as saber, me custou imenso sentir. Foi uma enorme descarga emocional que me fez muito bem naquela altura. Hoje sinto que talvez fosse bom voltar a fazê-la (sem interrupções).

*****

Joana disse...

Amiga, como te percebo. Foi exactamente assim que me senti quando fiz o meu mapa natal kármico. Mas foi também graças a isso que comecei a minha viagem interior. Confia, que o dia de ontem vai ser uma grande ajuda para ti ;)

beijocas

Essencialma disse...

Marise,
Eu também senti uma verdadeira descarga, apesar de fazer determinados exercicios com regularidade, que tambem levam à dor e a processa-la...desta vez foi diferente...fez-me de uma maneira diferente ter de encarar a realidade, sem nenhum tipo de atenuante..tal como ela é!

Beijinhos

Essencialma disse...

Joana,
Sabes foi dificil de gerir porque foi uma grande confusão...porque primeiro o meu ego já estava a arranjar tudo para negar a realidade...tive de mandá-lo calar...mesmo! Depois ter de aceitar aquela dor e processá-la...e algumas horas depois e outras duas horas após meditação e ficar só a receber luz...senti que tinha compreendido o que me estava a ser proposto...e de uma maneira esquisita já tinha uma leveza...
Resumindo...Eu percebi a importância de ter ido lá...e a oportunidade de trabalhar e me mostrar por onde ir agora...e n foi de todo por acaso que n tive TEI este mês, tava a precisar daquilo!

Beijo grande amiga...obrigado por seres tão companheira neste caminho...Fiquei a pensar depois de ontem, as pessoas que ganhei na minha vida depois do inicio deste louco processo, e do modo como me relaciono com elas...coisa que desse modo nunca tinha acontecido antes!

Bj

Daniela disse...

Como sempre, entendo!
Tambem devo andar a precisar de um confronto desses pa eliminar os "bichinhos" que me andam a incomodar.......

Beijo Grande mana

Joana disse...

Essencialma, não há coincidências. ;)

Eu também ganhei grandes amigos desde o início deste louco processo e tu és uma delas.

Beijocas

Essencialma disse...

Daniela,
pois se calhar qualquer dia tens de pensar nisso...
jitos sis

Joana,
É...realmente não há coicidências...:)

Lili disse...

Já fiz algumas consultas de astrologia e na ultima que fiz, já há algum tempo, me foram ditas datas importantes/eventos na minha infancia, que me fez ver que a vida que tive, era mesmo para ser assim, mesmo que eu acha-se que tinha sido alvo de injustiças. Afinal tudo estava destinado a ser assim e fiquei perplexa.
Digerir todas informações levam tempo, mas assim é mais facil seguirmos em frente, pois temos as devidas explicações, algo que só alguns de nós humanos temos o previlegio de obter...

Essencialma disse...

Lili,
Concordo muito contigo, quando dizes que é um previlégio...
Perplexa foi bem pouco para aquilo que fiquei, fiquei mesmo chocada, é como se tivessem aberto a caixinha de todas as dores, mas senti que o unico objectivo era trabalha-las!

Beijinhos...e Luz!