Pensamento do Dia...

"É legítimo querer que nos amem por quem somos … mas é nossa a responsabilidade de sermos quem somos…fielmente."

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

O Caminho Espiritual

"Chuang Tzu relata que, certa vez, um rapaz cheio de dúvidas em relação ao caminho espiritual procurou Lao Tsé.
- Por favor, ajude-me -- disse o jovem -- vim até o senhor porque não consigo entender certas coisas. Quando não consigo fazer o bem, magoo outras pessoas. Mas, quando faço o bem, às vezes, magoo-me a mim mesmo. Sou negligente se não cumpro com o dever de ser bondoso. Porém, se cumpro com esse dever prejudico-me a mim mesmo. Como posso resolver isso?
O sábio respondeu:-- Você realmente está confuso -- respondeu Lao Tsé, está tentando medir o meio do mar com uma vara de dois metros. Deseja uma resposta? Observe uma criança! Ela não se preocupa com relatórios sobre si mesma: é desinteressada, age com espontaneidade. Ela é parte da corrente... Não procura respostas o tempo inteiro, mas, é conduzida a elas. Esse é o início da perfeição! Podemos sofrer por inúmeras razões. Até mesmo por desejarmos melhorar. Isso soa estranho! Como podemos sofrer por aspirarmos à perfeição e à felicidade? O desejo pode ser uma faca de dois gumes.
Se queremos melhorar o nosso comportamento porque descobrimos que isso, por si só, nos torna felizes e nos dá prazer, então temos um motivo correcto. No entanto, se desejamos adquirir virtudes e cultivar qualidades por acreditarmos que, com isso, seremos reconhecidos e bem tratados pelas outras pessoas, então apenas criamos mais um problema. Ou se é bondoso porque se é, ou não se é bondoso. As recompensas que advêm da prática do bem, não devem ser esperadas. Quem é verdadeiramente virtuoso é desinteressado como uma criança. Pratica o bem sem pensar em retorno para si."

1 comentário:

Joana disse...

Muito bonito o post. :)
Adoro a frase: "As recompensas que advêm da prática do bem, não devem ser esperadas."

Beijocas