Pensamento do Dia...

"É legítimo querer que nos amem por quem somos … mas é nossa a responsabilidade de sermos quem somos…fielmente."

sábado, 21 de janeiro de 2012

Tristeza

Não dá, nem para descrever o tamanho. Faz parte do processo, não fugir...ir lá confrontar não é?! Então depois de recuperar alguma coisa, depois de sentir, e ultrapassar a incapacidade de ir lá cutucar a dor, acabei por ir, como aliás vou a maioria das vezes.
Ontem perguntava de onde vem esta tristeza tão profunda, tão grande que parece tomar conta de tudo? Eu sei qual a situação, só não sei qual a emoção, a memória. 
Sempre achei que ela vinha sobretudo do medo da rejeição, nunca me identifiquei com a outra semelhante, o abandono. Mas agora, vejo que, pelo menos neste tipo de casos, é isso mesmo. Abandono.
É esta emoção que justifica sentir esta tristeza que sinto...que me deixa a olhar para os acontecimentos, com uma sensação de impotência, e ao mesmo tempo sem vontade de fazer alguma coisa, como se o resultado não dependesse de todo da minha acção.
Outra perda. Uma perda, que talvez só aconteça dentro de mim, mas é uma perda.
Começo a perceber, que as estratégias que o meu ego, se fartou de recorrer e que de vez em quando ainda quer recorrer, agora quando são as estratégias dos outros, eu reconheço-as e causa em mim um estrago...magoa muito...tanto ou mais, do que me magoava quando eu as usava, mesmo que fossem usadas em prol da defesa, pura ilusão. É uma dor, uma tristeza, que nem consigo descrever, não tanto pela intensidade, mas pela profundidade.
E o que mais dói é a reposta, à pergunta...o que fazer? Nada...é a reposta, não posso fazer nada, apenas sentir, porque posso mudar quando sou eu a utilizar, quando são os outros, fico sem hipótese, apenas posso perceber o que fazer com este sentir que essas situações me provocam...só!! E também chorar, pelo tanto que utilizei isto, pelos momentos em que fazia isto a mim própria, e pelos momentos em que provavelmente ainda não o consigo evitar.
Mas parece tão pouco!

Triste é ainda sentir, que qualquer coisa acaba, e qualquer coisa morre dentro de mim...detesto perder, mas não controlo...nem dentro, nem fora...não controlo... E sei que isto me muda, que mata alguma coisa dentro, que tenho de trabalhar muito, para que não aconteça. Talvez sejam as memórias, de traição...que dizem que trago, que é por isso que não confio...talvez seja, mas saber isto, sentir isto...é profundamente triste!!

E assim mais um trabalho, mais uma conversa, comigo, com ELE, e muitas vezes contigo, para que na medida da minha capacidade te ajude a perceber, que esse não é o caminho.
Prometo apenas que vou tentar, mas sei que também para mim é difícil...Mas como ELE diz, ama apenas, ama!!!
E se é disso que precisas, que género de evolução tenho eu feito, que não consigo largar ou medo, e escolher o amor!!!
E como diz a Lúcia, é só uma tentativa...vou tentar!!!

6 comentários:

Joana disse...

Para te alegrar um bocadinho, deixei-te um miminho no meu blog ;)

Beijinhos

AquilesMarchel disse...

as coisas mudam
e isso nao é bom nem ruim

texto triste
cheio de dor


lembrou os meus antigamente

EVELIZE SALGADO disse...

Linda amiga, quanta dor dilacerando um só coração!
Fecha a porta para a tristeza, deixa que a luz do Sol inunde a tua vida, enche de amor o teu peito e sai!
Sai para a rua, olha nos olhos das pessoas, como se todas fossem JESUS a te acolher. Por fim, olha-te ao espelho. Ele está lá! Ama-te e sê feliz!

Essencialma disse...

Amiga, Joana,
Obrigada...á tanto tempo que não tinha um selo!! Que bom!!

Beijinho

Aquiles,
A tristeza existe sim...mas não é fonte de sofrimento, apenas de um sentir profundo.

Obrigada pelo comentário

Evelize,
Esta dor está misturada com muito amor também, doi porque é profundo, e porque a vida nos lança desafios para que nos desapegemos!!
Porque nunca o sol teve tão presente na minha vida como agora, mas de vez em quando, vêm uma nuvem escura!

Beijinho amiga

Lurdes JC disse...

Obrigada Cláudia por este texto tão sincero. Como te entendo! A tristeza faz parte, ainda bem que se sente... Caso contrário seria muito mais difícil... Sem aceder como se consegue limpar?
Um bj
Lurdes Jóia

Essencialma disse...

Obrigada Lurdes!!
É bom, sentir que há quem perceba!!

É mesmo, sentir, sentir, sentir, como ELE diz...e depois tudo se transforma...
E é lindo!!!

Beijinho grande