Pensamento do Dia...

"É legítimo querer que nos amem por quem somos … mas é nossa a responsabilidade de sermos quem somos…fielmente."

terça-feira, 17 de novembro de 2009

A Procura...

É engraçado como quando nós procuramos atenção, amor, semelhanças em algumas pessoas, por motivos errados...quando insistimos em procurar, procurar e procurar...por apego, por carência, a vida trata de nos mostrar que por ai não levamos nada...e dá-nos desilusões...e por persistência lá continua a insistência, até que um dia um se cansa...e como a vida não se cansa, cabe-nos a nós um dia perceber que chega!
Mas mesmo assim fica a dúvida do porquê sermos de certo modo rejeitados, quando a atenção que queriamos para nós e dada a outras pessoas que nem sequer a procuram...ou se interessam por quem a dá?!
Aqui está uma das muitas situações em que percebemos que o apego faz com que se atraiam pequenas perdas. Por mais consiência que tenha, confesso que ainda me custa sentir esta dinâmica...provalvemente porque ainda não consegui desapegar, mesmo achando que já o tinha feito...é mesmo dificil largar velhos padrões. E mal se sente tocar na dor, o ego surge que nem leão para se defender...e elabora as mais vastas estratégias de protecção...só a consciência me permite fazer esta leitura, porque de outro modo, já estava eu de volta ao grande ciclo do ego!
Mas estou pronta para mais um desafio...mas ao mesmo tempo é estranho como continua a doer...a indiferença...a desilusão...como me disseram uma vez..."se calhar já não vais insistir tanto, vais perceber que se calhar 1 ou 2 vezes chegam e depois tens que desistir"...pelo visto tenho muita dificuldades em "let it go"...
.
Em determinados assuntos parece que continuo no passado, como se parte de mim tivesse parado no tempo, e a outra tivesse a consciência actual. Então dou por mim a responder o mesmo que responderia no passado, quando o meu Eu já não se identifica com essas respostas...é como se faltasse um update no sistema...é estranho mas acontece, então de vez em quando lá vou eu actualizar determinado "ficheiro" que não é mexido á muito tempo, e lido com ele como se continuasse lá no passado, como se o tempo não tivesse passado por ele, a mesma dor, o mesmo apego...mas como bem sabemos rapidamente o sistema fica desactualizado, e a actualização é feita pela consciência, olhar para o antigo agora com novos olhos, mas para isso tenho de o ir vivenciar de novo.
.
Ma a boa noticia é que em compensação surgem na nossa vida o dobro das pessoas que nos dão com pequenos gestos esse amor, atenção...a diferença é que não nos apegamos a elas...e assim é permitido sentir...esse sentimento é tão amplo, que damos um novo significado à palavra AMOR (incondicional). E eu tenho o prazer de sentir tudo isso na minha vida!
.
"The only real voyage consists not in seeking new landscapes, but in having new eyes; in seeing the universe through the eyes of another, one hundred others--in seeing the hundred universes that each of them sees."
Marcel Proust

11 comentários:

Castelo de Asgard disse...

Amiga, ajude! Querem abater plátanos centenárias em Colares com a desculpa esfarrapada de "estarem doentes" - é mentira! As Estradas de Portugal só querem mais dois ou três lugares de estacionamento com o apoio de meia dúzia de mentecaptos que se queixam de que "as árvores deixam cair folhas e sujam tudo". Ajude a fazer barulho e a impedir que matem estas árvores. Neste blog há mais pormenores:

http://cidadaniacsc.blogspot.com/

Por favor divulgue!

Luz & Paz

Ariadne

Joana disse...

Amiga, é ao actualizarmos ficheiros antigos que limpamos Karma e evoluimos energeticamente mais um bocadinho.
Depois, faz como Jesus diz, sente muito a dor que é para passar depressa. ;)

Força.
Beijocas

@_-¯Cristiano Quaresma¯-_@ disse...

A nossa quase insana busca
por atenção, afeto, carinho
e Amor, por vezes nos faz esperar
do outro ações que nós tomaríamos,
palavras que nós articularíamos,
emoções e sentimentos que
nós experimentaríamos...
E quando a recíproca não é
verdadeira, a frustração,
a angustia e a cobrança
nos toma de assalto...
É necessário que se identifique
no outro a capacidade, mesmo que
limitada, de Amar ou proferir
afeto, pois se fossemos todos
iguais, sentindo, falando e
experimentando momentos e
situações iguais, essa imensidão
do Universo e suas conspirações
a nosso favor não teriam graça
e seriam puro descomedimento!
Nos resta Amar em nossa plenitude,
e respeitar a plenitude amorosa
alheia, mesmo que superior
ou inferior a nossa!
E assim se segue...
NAMASTE!

Essencialma disse...

Joana,
Sabes que á não muito tempo me saiu essa frase...e eu nc tinha pensado nisso...para ser depressa!
Mas vamos actualizando, e tu melhora!

beijinhos

Essencialma disse...

Cristiano,
Obrigado...porque as suas palavras são sempre muito sabias...e as leio com muita atenção...
Namaste

EVELIZE SALGADO disse...

Querida, vim te contar uma coisa. Há muito tempo tenho a sensação de que um dia vamos nos conhecer pessoalmente. Hoje quando li teu recado, tive a certeza! Aguardemos.

Quanto à procura, jamais te esquece do espelho!!!! Lembra daquela terapia, de encontrar em ti O AMOR?!!!

Os olhos podem ser os mesmos, precisamos, entretanto, mudar o foco!!!!

Bjsssss e obrigada pelo carinho!

Essencialma disse...

Evelize,
Que giro...vou adorar o dia em que isso acontecer...será uma nova sensação e experiência!

A questão é mesmo mudar o foco...e tão lindo que é quando conseguimos começar a fazê-lo!

beijo enorme

Cris Tarcia disse...

Olá!

Também procuro tudo o que eleva a minha essência, adoro aprender, a caminhar. Adorei o seu cantinho muito acolhedor. Vou voltar

Um abraço e uma linda noite

Beta disse...

Querida EssenciaLLLL....
A evolução é justamente essa, voltarmos ao passado quantas vezes forem necessarias, e, dessa forma cicatrizar nossas feridas!!!!
Tenha a certeza que a cicatriz se forma,e a dor deaparece de modo que vc nem se lembre a intensidade dela!!!!
Tenho minhas próprias feridas em processo de cicatrização, e afirma que é delicioso olhar para elas e ver que a dor não se compara à inicial!!!!
Texto lindo !!!!!
Parabéns....
Beijo grande.

Essencialma disse...

Beta,
verdade...essa cicatrização é necessária antes de podermos avançar.
Doer...doi muito, mas no fim tudo isto vale a pena!

beijo de luz

Marise Catrine disse...

Doce Essencialma,

Os nossos sistemas têm dificuldade em aceitar os uptages/upgrades. Que fazer então? Nunca baixar as asas!
Bem sei que não é fácil. Eu própria lido o apego numa espécie de batalha (ora agora venço eu, ora agora vence ele), mas já é muito positivo se temos a consciência das nossas limitações. Acho que assim, por muito que voltemos a cair no erro, há sempre algo diferente em nós.
Mas é muito bom sentir que somos entendidos nestas questões e que em algumas relações, já conseguimos amar de uma outra forma.
Beijos doces