Pensamento do Dia...

"É legítimo querer que nos amem por quem somos … mas é nossa a responsabilidade de sermos quem somos…fielmente."

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Regressei...

Regressei aos posts...como nada de ser feito em esforço, cedi á minha falta de vontade, inspiração...de colocar aqui textos...
Existem momentos em que queremos, estar e ser, só para nós mesmos...uma necessidade que nos levará a algum lado mesmo quando não percebemos o verdadeiro motivo...o importante é fluir com a vontade do momento... No entanto, faz-me falta a partilha...espero, ter a energia necessária que me apele a vir partilha-lá convosco!
.
Para hoje escolhi estas duas frases...uma que explica bem o tamanho que temos de ter de crença, de que tudo o que acontecer, será o melhor para nós...a outra demostra a existência da dualidade, que explica muitas das nossas angústias!
.
"Ter fé é assinar uma folha em branco e deixar que Deus nela escreva o que quiser."
.
"Quando o amor é grande, o medo não é menor."

10 comentários:

Julimar Murat disse...

Quando tomamos a iniciativa de criar um blog e postar textos que nos agradam ou que de alguma forma poderá atingir tantas outras pessoas, não imaginamos a dimensão disto tudo. Passamos a ser seguidos por alguns simpatizantes que conosco se identificam e esperam sempre encontrar no nosso blog algo que o alimente naquele dia. Por isso bom regresso, força e muita luz. Muitos precisam de ti

Um grande abraço
Julimar

Joana disse...

Acreditar é meio caminho andado para nos ajudar a superar o momento presente.
Eu sei que vais conseguir superar esta fase. Confia.

Beijinhos

Carlinha disse...

Ainda bem que voltaste!

Fazem-nos sempre bem estas ausências, qd voltamos estamos melhores e plenos de energia...

Acredito que seja esse o teu caso!

Ainda que as dificuldades pareçam inultrapassáveis, a certeza de que as conseguiremos vencer, dá-nos o alento necessário para continuar!

E essa certeza não é mais do Deus manifestado em nós!

Aquela força que teimamos em procurar lá em cima, mas que mora e sempre morou, bem dentro de nós...ali onde somos quem quisermos, sem medos ou limitações: o coração!

Beijo de LUZ!
;)

Essencialma disse...

Julimar,
Como as tuas palavras tocaram no meu coração...é, acho mesmo que nem fazemos ideia do quanto ou como o que postamos, é importante para aqueles que por algum motivo os vêm ler!

Obrigado pelas tuas palavras, mesmo...

Beijinhos

Essencialma disse...

Joana,
obrigado pelo apoio...é uma fase interminável de procura...do caminho a seguir, já se estando num certo modo nele...complicado!

beijinhos

Essencialma disse...

Carlinha,
Que bem que sabem as palavras de quem percebe...de quem entende o processo...

É muito dificil manter o foco, desse Deus dentro de nós...é dificil até ir buscá-lo lá a cima certas vezes, porque nos sentimos por conta própria...sei que não é verdade, que estou sempre acompanhada, com ou sem o foco nele...se não fosse assim, julgo que muito do caminho que já percorri, não o teria conseguido fazer...
Mas as dúvidas, a espera, o cansaço, as emoções a trabalhar...deixam tudo muito baralhado, mas no fundo são elas que constituem o próprio do caminho, a própria da missão!

Beijos de luz, linda

Marise Catrine disse...

Volta, volta
As tuas palavras faze-me falta.
;)

**

EVELIZE SALGADO disse...

Bom retorno ao mundo externo, certamente voltas com maior equilíbrio e harmonia. Esses vácuos são necessários e fortalecedores. Paradas estratégicas da consciência, maior que nós, pessoas.

Aproveite o retorno e pegue os selinhos na barra do meu blog - AOS AMIGOS,COM CARINHO. Eu e o elefantinho aguardamos tua visita pra te dar a nota DEZ.

BJKAS, QUERIDA!!!!!

Essencialma disse...

Marise,
Obrigado linda...que bom sentir esse carinho!

beijos enormes

Essencialma disse...

Evelize,
Que bom regressar e sentir todo este carinho que tenho recebi...e prendinhas também, que bom...

Não sei se volto com mais energia, mas pelo menos volto com a sensação que me deixei levar...que cedi ao que me era pedido...precisava de estar comigo, e isso não me deixava energia para o resto.

Beijos grandes ...