Pensamento do Dia...

"É legítimo querer que nos amem por quem somos … mas é nossa a responsabilidade de sermos quem somos…fielmente."

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Crianças Indigo

"Crianças Indigos" é o nome dado a um grupo de seres muito especiais que decidiram encarnar no nosso planeta com uma missão e objetivos específicos.
O nome "Criança Indigo" refere-se à cor da alma do Indigo, que indica uma Alma Mestre que serve como um professor ou curador. As crianças indigo foram assim chamadas pela diferente cor de suas auras, o Índigo, que é a cor do terceiro olho, ou seja, do chacra frontal

Os Indigos têm vindo para o nosso planeta há bastante tempo. No passado recente, os Indigos começaram a encarnar em números crescentes depois da Segunda Guerra Mundial, em preparação para a mudança global que estamos agora a viver. Elas encarnaram entre a geração dos anos cinquenta e dos anos sessenta. No entanto, nesta altura não havia um número suficiente delas no nosso planeta para criar mudanças significativas, e a vibração do planeta não era suficiente para estas mudanças.
Então, nos anos 70, a primeira "onda" da geração de Crianças Indigos chegou. Estes seres estão agora entre vinte e trinta anos., são a geração "guerreira" verdadeira que começou o processo de desafiar e mudar velhos sistemas.

A resposta óbvia é verificar a cor da aura. Mas não, nem todos os Indigos têm auras de cor azul escuro o tempo todo. O termo "Indigo" refere-se ao estado da alma e não à cor da aura, que num humano típico muda de dia para dia dependendo da disposição e interesse. Videntes que vêm os estado das almas podem identificar Indigos.


No entanto, é fácil identificar um Indigo pela sua sensibilidade, criatividade, espiritualidade e padrões gerais de comportamento.




Como crianças, elas parecem-se como todas as outras crianças, embora sejam frequentemente bonitas e com olhos penetrantes. São sempre altamente inteligentes e cheias de perguntas e exigências. Elas são energéticas e activas e têm força de vontade resolutas e um senso forte do seu próprio valor e importância. Sabem que são especiais e que estão aqui para fazer alguma coisa significativa.



Elas são orientadas pela parte direita do cérebro e são geralmente atraídas por atividades/ocupações que usam a parte direita do cérebro, tais como música, arte, escrita e espiritualidade. Adoram cristais, Reiki, meditação e yoga.

Têm uma natureza muito arrebatada e são intensivamente leais aos seus amigos, os quais costumam ser muitos. Acreditam em honestidade e comunicação nas relações. Elas ficam frequentemente desconcertadas com desonestidade e manipulação e outras formas de comportamento egoísta que é considerado normal pelas pessoas mais velhas.
A sua atitude para com dinheiro é de ou rejeitá-lo como desnecessário ou de estar muito consciente do seu poder e procurar, muitas vezes com sucesso, criar abundância para elas próprias.
Uma característica chave das Indigos é frequentemente a sua IRA. Elas não irão ser mandadas ou dominadas pelas supostas "figuras de autoridade". Num nível profundo, os Indigos não reconhecem "autoridade". Sabem que somos todos iguais, e por isso ficam irritados/furiosos com aqueles que assumem autoridade e se comportam ditatorialmente, quer sejam pais, professores ou patrões.




É neste caso que elas são importantes como professoras - elas estão a nos ensinar a sermos donos do nosso próprio poder e a nos respeitarmos, elas estão a nos ensinar a dar valor ao nosso Eu criativo e espiritual e a não pôr tanto valor no sucesso material.


A Indigo como criança é activa, energética e imaginativa. Elas podem se entreter a si próprias e brincar por horas nos seus próprios mundos. Elas frequentemente têm amigos imaginários, e adoram fadas e golfinhos. Os rapazes frequentemente têm uma tendência para hiperatividade.




A inteligência excepcional das Indigos pode ser exasperante para os adultos. Ninguém lhes "dirá o que fazer", mas quererão debater e negociar cada instrução. Até que os pais aprendam que estão a ser ensinados a respeitar o direito de escolha da criança, e honrar essa escolha, eles continuarão a ser confrontados a cada esquina com lutas de poder e batalhas de força de vontade.

A maneira correta de lidar com um Indigo é de estar disposto(a) a negociar, explicar e dar-lhes escolhas. Instruções como: "faça como te é mandado" só produzirão hostilidade e indeferença.


Os Indigos geralmente desgostam da escola intensivamente. Eles ficam entediados pelo passo vagaroso (para eles) e pelas tarefas repetitivas consideradas adequadas para as crianças pelos professores que não percebem a inteligência delas.

Elas lutam com autoridade e pressão de colegas, que podem ser bastante opressivos para uma alma jovem Indigo com pouca compreensão real do "poder sobre os outros", do domínio e estados de submissão comuns à sociedade da Terra.

Problemas que ocorrem na escola incluem resultado do tédio e irritação. Deficiências de educação tais como dislexia frequentemente também refletem as maneiras alternativas de ser e pensar das Indigos.

CRIANÇAS ÍNDIGO
Espírito guerreiro, que rompe com os sistemas estabelecidos.
META:
- Abrir caminhos
- Denunciar
- Não aceitam o que já não serve agora
- Aversão à mentira, falsidade e manipulação. 
ESPECIALIDADE:
- Denunciar
- Provar os limites físicos
PERSONALIDADE:
- Em geral são extrovertidos
- Pioneiros, originais, auto-suficientes, criativos, bastante autonomos
- Determinação, tenacidade
- Muita energia, e não demonstram medo de enfrentar as coisas ou as pessoas
FORMAS DE CONDUTA:
- São crianças exigentes que não se cansam de pedir coisas
- Não têm medo da confrontação
- Rebeldes 
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E OUTRAS:
- Robustos (fisicamente)
- Fortes (mentalmente) 
PODEM DIAGNOSTICAR-LHES ERRADAMENTE:
- ADD (DÉFICIT DE ATENÇÃO)
- ADHD (Déficit de atenção com hiperatividade) 
São precoces em começar a falar.
NECESSIDADES EM GERAL:
- Alimentar seus talentos de pioneiros e líderes
- Ferramentas de organização do trabalho
- Aprender a diplomacia e a cortesia

Retirado da Internet

2 comentários:

Mag disse...

A propósito deste teu post, fiz um no meu blog. Já estava para escrever sobre isto há muito, aproveitei a onda :)
Beijoca

Meri Pellens disse...

Nossa! Que interessante. Excelente post.
Beijos na alma!